Reitora ministrará aula magna durante a Calourada 2017

Entre os dias 20 e 24 de março, a Universidade Federal de São Carlos  (UFSCar) receberá os seus calouros em todos os campi.

Com uma programação extensa de atividades culturais, educacionais e solidárias para receber os novos alunos, a programação contará com aulas magnas da reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

No dia 20 (segunda-feira), das 9 horas às 10 horas, a aula magna será ministrada em Araras, no Anfiteatro. Neste mesmo dia, no período da tarde, a aula será das 14 horas às 15h30, em São Carlos, no Teatro Florestan Fernandes.

Wanda segue no dia 22 (quarta-feira) às 9 horas para o campus Lagoa do Sino (local ainda a definir) e à tarde em Sorocaba, das 14 horas às 15h30 no Auditório AT/LAB.

A programação da Calourada 2017 você encontra no site da Calourada.

Arquivado em Acesso à informação

UFSCar recebe representantes da Universidade Pública de Navarra

Com o objetivo de intensificar o relacionamento com a UFSCar no âmbito das parcerias ibero-americanas, ampliando a cooperação acadêmica e científica, representantes da Universidade Pública de Navarra, da Espanha, visitaram na última quarta-feira (08/03) a UFSCar, campus São Carlos.

Em reunião recepcionada pela equipe da Secretaria Geral de Relações Internacionais da UFSCar (SRInter), no Anexo da Reitoria, a equipe estrangeira buscou oferecer aos alunos da universidade brasileira oportunidades de iniciar ou continuar seus estudos de pós-graduação na Europa.
Na ocasião, foram apresentados pelos visitantes os programas de mestrado e doutorado oferecidos por sua instituição e as oportunidades de bolsas de pós-graduação na referida universidade, providas pela Fundação Carolina e Associação Universitária Ibero-Americana de Pós-Graduação (AUIP) – entidade espanhola dedicada à promoção de relações culturais e de cooperação educacional e científica entre a Espanha e países da Comunidade Ibero-Americana de Nações.

Ainda durante as apresentações realizadas pela manhã, a aluna do curso de graduação em Ciências Sociais da UFSCar, Mariana Vincoletto Rezende, relatou sua experiência como estudante de mobilidade internacional na Universidade Pública de Navarra, ocorrida ao longo do segundo semestre de 2015, no âmbito do Programa de Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades.

No período da tarde, com base em interesse específico da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Pública de Navarra, no departamento de Fisioterapia da UFSCar (DFisio), os visitantes discutiram com o coordenador do curso, o professor Dr. Mauricio Jamami, as possibilidades de intercâmbio estudantil entre as universidades.

Segundo a secretária geral da SRInter, Maria Estela Antonioli Pisani Canevarolo, os visitantes revelaram que a UFSCar é uma espécie de parceira preferencial em uma das estratégias de internacionalização que a Universidade Pública de Navarra vem colocando em prática, para “fortalecer as parceiras internacionais já existentes, aprimorá-las e estendê-las cada vez mais, tornando-as mais produtivas ainda, com mais oportunidades para estudantes, professores e pesquisadores de ambas as partes”, disse.

A UFSCar vem desenvolvendo formalmente colaboração acadêmica e científica com a Universidade Pública de Navarra desde 2011, tendo promovido o intercâmbio de mais de uma dezena de estudantes, tanto no âmbito do acordo de cooperação internacional entre elas como no de programas de mobilidade acadêmica internacional, como o Santander Universidades, especialmente na área de Enfermagem. “Existem pelo menos cerca de 20 programas de pós-graduação da UFSCar idênticos, semelhantes ou, ao menos, compatíveis com os cursos de mestrado e doutorado oferecidos pela Universidade Pública de Navarra”, reforçou Maria Estela.

Participaram da reunião representando a UFSCar: a secretária geral da SRInter, Maria Estela Cenevarollo, o diretor da Divisão de Convênios para Relações Internacionais da SRInter, Marcelo Fila Pecenin, a pró-reitora de pós-graduação (ProPG), Audrey Borghi e Silva, o coordenador acadêmico de pós-graduação, Dirceu Cléber Conde, coordenadores de programa de pós-graduação, demais docentes e estudantes da UFSCar. De Navarra participaram: o vice-reitor de internacionalização, Hugo López e a professora do departamento de Administração de Empresas e diretora regional da AUIP em Navarra, Katrin Simón.

Foto AECR/Andrea Castro

Foto AECR/Andrea Castro

Arquivado em Internacionalização

Reitora será homenageada em Sessão Solene no Teatro Municipal de São Carlos

A Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann, será homenageada pela Câmara Municipal de São Carlos em comemoração ao “Dia Internacional da Mulher”. A Sessão Solene comemorativa acontecerá na próxima quarta-feira, dia 15 de março, às 19h30, no Teatro Municipal de São Carlos “Dr. Alderico Vieira Perdigão”.

Além da Reitora da UFSCar, serão homenageadas outras mulheres com participação destacada em diversos setores de atividade na cidade de São Carlos. São elas: Ana Maria de Souza Faria (Marry), Ana Rosa da Silva, Edna Maria Bonaldi da Silva, Elaine Benício Almeida da Silva, Jaqueline de Cássia Pane Migliati, Jucelia Janete Verdrusculo, Laureci de Paula Marcondes, Márcia de Oliveira Braga Ferri, Maria Cristina Duarte Schiabel, Maria Jaqueline Lanzoni Migliorini, Maria José de Aguiar, Mirian Camargo Antunes, Marina de Castro Andrade Santos, Paula Regina Corsso Moretti, Rita de Cassia Gomes, Ruth Milanetto, Vanderlice Vieira Jayme de Melo e Yolanda Ditomaso Ruggiero.

Todas foram indicadas pelos vereadores em função da relevância dos serviços prestados à comunidade. A solenidade atende à Lei Municipal nº 14.429, de 2008.

IMG_3601

Arquivado em Eventos

Grupos de pesquisa da UFSCar têm 51% de colaboradoras mulheres

Em contrapartida, elas ainda são maioria nos cargos de atividades domésticas; dados foram apresentados pela reitora Wanda Hoffmann em mesa-redonda realizada na UFSCar em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Um dado que ainda precisa mudar, mas que já mostra o resultado da luta das mulheres na busca pela igualdade social: na UFSCar, 51% dos colaboradores de grupos de pesquisa certificados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) são mulheres.
Esse assunto foi levantado pela reitora Wanda Hoffmann na mesa-redonda do evento intitulado “O empoderamento da mulher e sua atuação no ambiente de trabalho”, realizado pela Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) da UFSCar em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que aconteceu nesta quarta-feira (08/03), no Anfiteatro da Reitoria.

Aberto ao som da animada Big Boom Orchestra – A Original Big Band, o evento contou com a presença na mesa de honra da reitora Wanda Hoffmann, da secretária Geral de Educação a Distância, Marilde Terezinha Prado Santos, da pró-reitora de Pós-Graduação (ProPG), Audrey Borghi e Silva e da consultora de Recursos Humanos e coanching de carreira, também ex-aluna da UFSCar, Teresa Cristina Gayoso Sobreira, que dividiram suas histórias de carreira e luta.

Iniciando as discussões, Wanda explicou que na educação as mulheres vêm conquistando espaço. Ela, que é graduada há 30 anos em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal de Ouro Preto, a única mulher na sala de aula na época, hoje é a primeira reitora eleita da Universidade. “Em 2017, na UFSCar, temos 52% de homens na graduação e 48% de mulheres. De docentes, são 55% homens e 45% mulheres. Quanto aos servidores técnico-administrativos, 53% são homens e 47% mulheres, o que une os nossos três segmentos na Universidade e mostra que estamos quase chegando lá”, disse a reitora contando um pouco sobre a sua trajetória de luta. “Aos poucos fui conquistando o meu espaço. Teve preconceito, não teve preconceito, chorei, busquei, superei e hoje enfrento o maior desafio da minha vida pessoal, como mãe, esposa e na profissional como professora, pesquisadora e reitora da Universidade Federal de São Carlos. Às vezes, a discriminação não vem como um ataque direto, mas sim com uma maior cobrança para a mulher”, salientou a reitora.

Em contrapartida aos dados de que as mulheres doutoras são maioria na UFSCar, a pró-reitora de pós-graduação Audrey Borghi e Silva, em sua apresentação, reforçou que realmente houve um percentual menor de titulares doutores homens, mas que essa inversão ainda não impactou as empresas e organizações. “Os homens ainda estão nos maiores cargos de comando nas empresas e esse panorama ainda é alarmante. Apesar das mulheres terem mais vez nos estudos, elas ainda lideram o percentual de cargos relacionados às atividades domésticas e isso precisa ser revertido”, comentou.

Teresa Cristina disse que para que isso seja revertido, a educação é necessária e faz a diferença no empoderamento. “Levar pactos às empresas e organizações, através de treinamentos coletivos e comportamentais que estimulem o autoconhecimento da mulher, extraindo o melhor dela, é um grande esforço que tem que ser feito”, falou a coaching explicando que as mulheres não querem ser mais do que os homens, mas sim iguais. “As organizações estão começando a buscar isso e para empoderar, temos que começar por nós mesmos e depois a quem está do nosso lado dentro do ambiente de trabalho ou em casa”.

A importância de discutir o papel da mulher na sociedade foi o maior objetivo do evento realizado com sucesso pela SEaD, já que, segundo a sua secretária Geral, o sexo feminino ainda tem que dar as mãos e buscar soluções. “Desde o início as crianças, seja em casa ou na escola, têm que saber que os homens e mulheres devem andar juntos e que seja respeitada a verdade dos indivíduos”, finalizou Marilde Santos.

O evento foi encerrado com entrega de flores às homenageadas da mesa de honra e um debate sobre o assunto com os inscritos presentes.

Confira a galeria de fotos do evento no Facebook da Reitoria.

Da esquerda para direita: Teresa Cristina, Marilde Santos, Audrey Borghi e Wanda Hoffmann (Foto: Andrea Castro/AECR)

Da esquerda para direita: Teresa Cristina, Marilde Santos, Audrey Borghi e Wanda Hoffmann (Foto: Andrea Castro/AECR)

 

Arquivado em Eventos

Empoderamento e atuação da mulher no trabalho são tema de mesa-redonda que acontece hoje na UFSCar

SEaD convida público para mesa-redonda no Dia Internacional da Mulher. Imagem: Reprodução

Foto: Divulgação

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) da UFSCar convida toda a comunidade universitária para participar da mesa-redonda “O empoderamento da mulher e sua atuação no ambiente de trabalho”, que acontece hoje (8 de março) na UFSCar.

O evento terá início às 19 horas com a participação da Reitora da UFSCar, professora Wanda Aparecida Machado Hoffmann; da Secretária Geral de Educação a Distância, professora Marilde Terezinha Prado Santos; da Pró-Reitora de Pós-Graduação, professora Audrey Borghi e Silva;  e da consultora de Recursos Humanos e coaching de carreira, Teresa Cristina Gayoso Sobreira. Após a abertura do evento, haverá apresentação cultural com a presença do professor Glauber Lúcio Alves Santiago, do Departamento de Artes e Comunicação (DAC) da UFSCar, e a Big Boom Orchestra – A Original Big Band. Às 20 horas, terão início as exposições da mesa-redonda; e, na sequência, participação do público. O encerramento está previsto para às 21h30.

A mesa-redonda acontece hoje, a partir das 19 horas, no Anfiteatro da Reitoria, localizado na área Sul do Campus São Carlos da UFSCar.  O evento é gratuito e também será transmitido on-line.

Texto: Denise Britto/CCS UFSCar

Arquivado em Eventos